Goobec

Webedia participa do curso de Mídia Programática da Goobec

Como muitos publishers de sites e blogs se mostram perdidos diante de tantas novidades com a Mídia Programática, o assunto ganhou uma atenção especial na Goobec.

A primeira ação foi oferecer para os alunos de Mídia Programática da Goobec uma palestra com a equipe da Webedia (empresa francesa com unidade no Brasil e com um ótimo expertise no tema) durante o curso de Mídia Programática. O convite foi realizado pelo instrutor de Mídia Programática da Goobec, Murilo Balthazar*. Eles dedicaram cerca de duas horas para esclarecer as principais dúvidas relacionadas aos publishers. O diretor e Instrutor da Goobec, João Dalla, aproveitou o evento para fazer uma longa entrevista com os dois profissionais. O conteúdo vai virar um e-Book, que será lançado em breve.  Aqui neste post, você vai ter acesso à algumas perguntas. Confira só!

João Dalla:  1) Quantas SSPs o publisher pode ter dentro do site?
Murilo Balthazar: Tecnicamente o número é ilimitado, o publisher pode usar quantas SSPs julgar necessário. Entretanto é preciso estudar o inventário e verificar qual é a melhor estratégia para cada publisher pois cada SSP oferece diferentes coberturas, CPM, demanda e tecnologia.

João Dalla:  2) O publisher pode se conectar com parceiros além das SSPs?
Murilo Balthazar: Sim. Há empresas que compram inventário via programático de maneira pontual. A  maioria dessas empresas são chamadas de “AdNetworks“. Essas empresas normalmente compram parte do inventário do publisher a um CPM pré-estabelecido.

João Dalla: 3)Quais são as principais plataformas SSPs?
Murilo Balthazar: Os principais players desse mercado são GoogleADX, Rubicon Project, AppNexus, Right Media e SmartRTB.

João Dalla: 4) O publisher pode oferecer quais tipos de inventário?
Murilo Balthazar: Os Publishers podem decidir o que veicular em suas páginas, ou seja, é possível permitir, por exemplo, que banners e vídeos sejam exibidos. Em mídia programática existem SSPs dedicadas a entrega de vídeos assim como outras trabalham com ambos os tipos de anúncios. Um fato interessante é que, para o comprador, apenas o DBM (DSP) consegue acessar o inventário de Youtube para anunciar vídeos neste ambiente.

João Dalla: 5)  Quais são as formas de venda de inventário via programática?
Murilo Balthazar: A maneira mais convencional para venda de inventário programático é através do leilão aberto, processo automatizado viabilizado pela integração entre SSPs e DSPs, muito utilizado para o Publisher monetizar seu inventário ocioso.

Entretanto, mesmo via mídia programática é possível que os Publishers ofereçam seu inventário qualificado, para isso, são utilizadas negociações (Deals) Privadas, Preferenciais e Garantidas. Apenas a partir dessas negociações específicas e com CPM elevado que as DSPs conseguem acessar o inventário mais qualificado dos Publishers.

 

O que é Mídia Programática?
A Mídia Programática é uma forma automatizada de compra e venda de mídia online em tempo real por meio de leilões e negociações preferenciais. É possível combinar esse processo com alto detalhamento de segmentações para exibição de anúncios mais assertivos aos usuários.

O que é publisher?
Publisher é a denominação dada a sites, blogs e publicadores de conteúdo na internet. Os publishers utilizam anúncios publicitários para monetizar seu inventário/páginas e conteúdos e a mídia programática é umas das formas automatizadas para se vender esses espaços publicitários de suas páginas.

*Murilo Balthazar faz parte da equipe da Predicta Group

 

Leia também:

Webedia cria unidade de produção de branded content

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça parte da lista VIP Goobec e receba novidades em 1ª mão!

Receba dicas e conteúdos especiais sobre Marketing Digital, Google Ads, Facebook, além de descontos e promoções exclusivas!